Tipos de olheiras

Entenda a diferença entre as olheiras e saiba como tratar cada tipo.

As manchas em tons de azul ou marrom ao redor dos olhos podem ser sinal de noites mal dormidas, estresse, cansaço, mudanças hormonais ou até mesmo alterações na circulação sanguínea. Identificar a classe das olheiras é fundamental para definir o melhor tratamento.

  • Olheira falsa ou estrutural
    Evidenciada pelo formato dos olhos com profundidade que faz sombra na pálpebra inferior. Formada também pela flacidez e perda do colágeno devido ao processo de fotoenvelhecimento. É possível tratar com preenchimentos com ácido hialurônico.
  • Olheira pigmentar
    Podem ocorrer por fatores hormonais, herança genética e fricção excessiva, devido ao acúmulo de hemossiderina, proveniente do ferro presente no sangue, e da melanina, produzida pelos melanócitos responsáveis por dar cor à pele. O tratamento indicado é proteção solar, cremes clareadores e laser.
  • Olheira vascular
    Acontece devido a um aumento de vasos sanguíneos, mais especificamente de veias na região, que promovem uma cor azulada ou arroxeada. Desidratação, insônia e estresse podem influenciar, e nesse caso, os tratamentos mais indicados são clareadores e laser.

Agende uma consulta e inicie já o seu tratamento para combater as olheiras!

Por Aline Takeda – Biomédica esteta

 

Deixe um Comentário